Mídias sociais: Um canal estratégico na comunicação corporativa

Por Marina Batista em 28-04-2016 7:00

Com a disseminação do uso das mídias sociais, estar inserido neste meio tão utilizado, pela sociedade, passou a ser não apenas importante, mas sim uma necessidade fundamental.

Segundo pesquisas realizadas pela Nielsen, provedora global de informações e insights sobre consumidores, entre os dez aplicativos mais utilizados em smartphones, no Brasil, quatro são de redes sociais ou comunicadores por mensagens.

Na prática, isso significa que cada publicação de uma marca tem o poder de atingir milhares de pessoas, seja para o bem ou para o mal. Mas como todo novo fenômeno de mercado, as organizações ainda vivenciam o dilema de estar ou não no ambiente digital.  MIDIAS_SOCIAIS_logo.jpeg

Alguns conservadores ainda acreditam que os novos canais podem ser arriscados, sem controle e, portanto, preferem ficar de fora. Para que você não faça parte desse time, listamos alguns propósitos dos novos meios de comunicação e de que forma é possível usá-los como uma poderosa ferramenta para sua comunicação corporativa.

#Como o público vê a sua marca

É preciso ressaltar que realizar a gestão de mídias sociais vai muito além de publicar  uma vez ou outra em algum canal. A presença de uma marca nos canais digitais deve, assim como em todas as outras áreas de comunicação em que a empresa se apresenta, estar embasado em um planejamento estratégico coerente com o objetivo que a companhia quer atingir, caso contrário nada disso fará sentido.

Nas mídias sociais, assim como em todos os outros canais de comunicação que possui, a empresa deve sempre procurar se tornar uma referência dentro de seu segmento, e uma das melhores formas de fazer isso é produzir conteúdo pelo qual seus públicos se interessem, ou seja, um conteúdo relevante que permita associação positiva à marca.

#Comportamento do usuário

Com a agilidade trazida pelo contato, via redes sociais, o público passou a ter um papel cada vez mais importante na comunicação, deixando de ser apenas um receptor das mensagens para se tornar agente do processo. É preciso estar preparado para responder dúvidas, reclamações e atender quaisquer solicitações. Por isso, a contratação de um profissional responsável pelo monitoramento de mídias sociais também deve ser visto como algo sério, uma vez que seu alcance permite uma aproximação direta da empresa com o seu público-alvo e requer uma dedicação maior para o relacionamento,  por conta da exposição.

 

#Oportunidades de negócios também estão nas redes sociais

Certamente o foco das plataformas virtuais não é ser um veículo exclusivo de vendas, mas sim promover tamanha interação capaz de transformar seus próprios clientes em promotores da sua marca, ou seja, todo o conteúdo gerado em sua página poderá ser compartilhado por eles, elevando a reputação da sua empresa, e posicionamento, como referência em seu mercado. Isso permitirá também que o público lembre da sua marca no momento de decisão ou consulta.

#Construir relacionamento

As redes sociais oferecem muitas oportunidades em termos de relacionamento com os clientes. Por meio delas, é possível iniciar conversações e estabelecer um melhor relacionamento com pessoas que se interessam ou podem vir a se interessar pela sua empresa, pelo que você compartilha e defende e também por seus valores, diferente das mídias tradicionais que permitem apenas uma comunicação unidirecional com o seu público.

#Encontre a rede mais adequada para sua marca

A quantidade de mídias sociais é enorme, sendo que cada uma possui um público específico, que se identifica com a plataforma e a utiliza mais do que outras. Para iniciar o processo de escolha de onde sua marca deve estar presente, é importante identificar onde seu público ideal está e de que forma sua empresa pode compartilhar conteúdo relevante com ele.

O Facebook, por exemplo, tende a ser uma ótima ferramenta e ainda lidera o ranking de mídia que gera maior engajamento por parte dos internautas e, por isso, dificilmente uma empresa deve deixar de usar sua plataforma. Há também o Instagram, que está se tornando um recurso muito usado por empresas que conseguem boas imagens para divulgação de sua marca, produto ou serviço. O Twitter, muitas das vezes,  usado apenas para replicar conteúdo de suas fan pages do Facebook, porém vale ressaltar que o canal pode ser usado, estrategicamente, para realizar campanhas especiais para que seus seguidores interajam entre si ou até mesmo realizar um Serviço de Atendimento ao Consumidor online e centralizado.

O LinkedIn pode ser usado para obter um bom networking entre profissionais e empresários com poder de decisão, uma vez que  permite a interação entre pessoas influentes de todo o mundo. Outra oportunidade, para as empresas, são os blogs corporativos que permitem uma maior interação da marca com os públicos de interesse, por meio de comentários e conteúdo de valor, possibilitando também tornar sua marca confiável dentro do seu mercado de atuação.

Seu público ideal certamente está navegando por esses canais em busca de informações. Para ajudar a identificar seu público de interesse, consulte o ebook “Como definir o cliente ideal para o seu negócio”

Ebook 6 métricas de marketing que realmente importam

Assuntos: comunicação corporativa